28 outubro 2020

/Pessoas

Tendências de trabalho pós-pandemia

Escrito por marketing@uppo.com.br
Analista de Marketing da Uppo

Atualmente, ainda estamos vivendo uma realidade alinhada ao coronavírus, o que vem acarretando em inevitáveis mudanças no cotidiano de toda a sociedade. Hoje, ao ligarmos a televisão ou ao lermos o jornal, temos o vislumbre de cenas difíceis de imaginar há um ano, como a de ruas mais vazias com o trânsito de pessoas, em sua grande maioria, utilizando máscaras de proteção.

Quanto às empresas, sejam grandes companhias ou pequenas “startups”, nota-se que a massiva maioria vêm adotando o “home office” como uma das novas normas neste período em que o COVID-19 não viabiliza o retorno integral dos trabalhadores aos escritórios.

Em um contexto de reabertura de estabelecimentos, empresários vêm precisando apostar na inovação para atrair, não só os antigos, mas novos clientes. Por isso, listamos algumas tendências de trabalho para o mundo pós-pandemia:

Distância social e segurança no trabalho

Para minimizar o risco e atenuar os medos dos empregados, gestores precisam reestruturar fundamentalmente seus escritórios para adaptá-los às diretrizes de distanciamento social e de higiene, que tendem a continuar valendo até que uma vacina seja disseminada.

Conceitos como o “Six Feet Office” – já aplicado em alguns escritórios mundo afora, e que se baseia  em 1,80 m de distância entre os funcionários aconselhado por órgãos de saúde – funcionam ao tornar o ambiente de trabalho capaz de manter tanto mesas de trabalho, quanto o movimento pelo escritório, organizados de acordo com medidas de combate à doença.

Mídia digital e conectividade

O uso de veículos online será ainda mais acelerado daqui para frente. Quando o pós-pandemia chegar, a tendência é que as empresas percebam que eventos, como reuniões e avaliações de “feedback”, poderão ser feitos regularmente de forma online ou até mesmo resolvidos via comunicação eletrônica.

Trabalho online

Se antes o “home office” era frequentemente colocado em questão, isso tende a ficar para trás. A transformação digital imposta pela pandemia fez nos adaptarmos ao trabalho remoto e, quando este período árduo passar, as companhias irão reavaliar se será necessário aos colaboradores irem para o escritório todos os dias. 

Humanismo e crescimento da demanda por locais de trabalho

A pandemia nos tornou mais empáticos. O período de quarentena imposto pelo COVID-19 nos traz muitas oportunidades de reflexão sobre os mais diferentes aspectos da nossa vida. Um deles é perceber, com clareza, como as pessoas gostam de interagir e os advindos tecnológicos não conseguem substituir completamente a eficiência da interação frente a frente. Haverão muitas mudanças de hábitos, que influenciarão os modelos de convivência, mas a longo prazo, os escritórios vão se manter essenciais como a principal localidade para a realização de negócios.

Novos modelos de serviços e negócios

As empresas tradicionais precisarão se reinventar, e uma das tendências de modernização é a de que as mesmas passem a oferecer alternativas mais práticas para os clientes e independentes de presencialidade, como, por exemplo, os serviços de entrega.

icone uppo

Fidelize seus clientes
com ingressos dos maiores
eventos de música do Brasil

Clique e conheça nosso Programa de Fidelidade >
25 novembro 2020

/Marketing

Por que utilizar o WordPress na sua companhia?

Leia mais >
25 novembro 2020

/Pessoas

A importância das palestras motivacionais para a sua empresa

Leia mais >
25 novembro 2020

/Marketing

A importância da jornada de compra para a estratégia de conteúdo do seu negócio

Leia mais >